terça-feira, 18 de setembro de 2007

Começando

Antes tarde do que nunca! Há anos eu desejava ter um blog.

Mas a comodidade e a desculpa esfarrapada da correria do dia-a-dia, e consequentemente da falta de tempo, fizeram-me deixar a realização deste sempre para amanhã e amanhã. Enquanto isso eu gastava minhas horas vagas, principalmente no trabalho, para entrar e "reentrar" no orkut n mil vezes e de vez em quando pesquisar a letra de bandas que gosto e ouço muito como, The Strokes, Keane, Coldplay, My Chemical Romance, entre outros (As da Madonna se brincar sei cantar mais que a própria que ainda é dona de 98% das canções interpretadas por ela).

O título do blog:
Já que toquei no nome dela, aproveito logo para justificar, melhor seria dizer explicar o título do blog. Em Processo Es(X)tático, mas como assim Es(X)tático?
-Estático quer dizer parado, sem movimento e ainda na Física (ciência) quer dizer equilíbrio dos corpos sob a ação de forças.*
-Extático quer dizer em êxtase, em estado de admiração, pasmo e melhor ainda na Psquiatria é um fenômeno observado na histeria e nos delírios místicos, e que consiste em sentimento profundo e indizível que aparenta corresponder a enorme alegria, mas que é mesclado de certa angústia: fica o paciente quase de todo imobilizado, parecendo haver perdido qualquer contato com o mundo exterior. *
(*) Fonte Dicionário Aurélio

A inspiração para o uso do termo Processo Es(x)tático na verdade não é meu. O termo emprega título a uma canção da Madonna para o álbum American Life (2003) que é uma de minhas preferidas, numa parte da letra (composta por ela e Stuart Price) ela canta: "Eu sempre desejei encontrar, alguém tão especial quanto você. Mas no processo eu esqueci, que eu também sou tão especial, quanto você."
Para algumas pessoas que não têm o ego tão grande, ou que são inseguras (embora muitas vezes não aparentem), ou que estão sempre buscando a outra pessoa para ampliar a felicidade (assim digamos) isso deveria ser dito infinitas vezes, até que um dia entre na nossa cabeça. Me incluo porque sou um pouco assim.


Mas muito além disso, Processo Es(X)tático também se refere ao transformar de tudo. Do mundo do lado de fora, do nosso eu em relação ao mundo, do nosso mundo em relação ao nosso eu, e acima de tudo ao (nosso) mundo o qual formamos (ou tentamos formar) para viver dentro (e fora quando necessário se isolar) dele. Se refere ao nosso êxtase em ver alguns acontecimentos do mundo, alguns que só enxergamos pela TV ou nos noticiários, mas principalmente dos aconteciomentos no mundo do qual fazemos parte de forma mais íntima. Aquele no qual nós diretamente, ou ao menos tentamos exercer influência, aquele mundo que a gente quer mudar!
O Es(X)tático é aquele sentimento de admiração (junta de decepção ou felicidade) perante a atitude de uma pessoa a qual convivemos e muitas vezes de alguma forma confiamos, esperando (talvez por ingenuidade, egoísmo ou até mesmo inexperiência) que ela tenha tal comportamento e não tem. Muitas vezes até esperamos que ela aja daquela maneira que vao nos ferir, só idealizamos que por favor ela não tome tal atitude e se você se decepciona você fica em êxtase. Assim também o é quando ela lhe deixa feliz. Tudo isso se refere também aos acontecimentos que não podemos ao todo exercer uma influência tão grande. Daí vem também o estático! Mesmo parados o mundo não pára de acontecer. E também estático devido ao êxtase,a a admiração perante um fato, muitas vezes nos deixar sem ação, estáticos.

O que estou querendo dizer?
Na verdade o que estou querendo dizer é para não perdermos o espírito de aventureiros, aquela "ingenuidade" gostosa e pitoresca do espírito adolescente de enxergar tudo como novo dinate do processo contínuo que é a vida! Para nao perdermos a sensação de que a cada dia estamos conquistando, enxergando, algo ou uma situação nova e nos admiremos decepcionados ou surpresos pela magnitude da felicidade ou infelicidade de fazer parte daquilo. Quando você deixa de agir assim perante o mundo, sem qualquer êxtase, é como se tudo passasse a ser insosso.

Por mais rotina que tudo seja, só nós podemos mudar isso. De alguma maneira todos sabemos disso. Só mudamos quando queremos, ou quem está muito próximo da gente o quer, neste último caso o risco de nos decepcionarmos é maior.

Mas pense: Enquanto eu escrevia esse texto, agora enquanto você lê esse trecho ou parte ou todo o texto, quantas coisas aconteceram no mundo? No meu mundo, no seu mundo, no mundo dos outros e enfim no Mundo. Isso talvez queira mostrar o quanto somos pequenos e ínfimos em relação ao conjunto, ao mundo todo. Mas talvez, acima de tudo, o quanto somos grandiosos e sortudos de fazer parte desse tudo, de alguma forma podemos influenciar essa transformação. Pois esse Mundo é formado por vários mundos, o meu que contém várias pessoas, até mesmo as que não conheço pessoalmente mas admiro; o seu mundo que contém pessoas que não conheço mas também é capaz de influenciar de alguma maneira no meu mundo por você fazer parte dele.
E assim... os mundos vão se tornando Mundo e Vida!

Em qual direção devemos seguir? Onde Chegaremos?
Não sei, espero que seja à verdade. Enquanto sigo quero permanecer assim, em Processo Es(x)tático, me maravilhando com um Mundo que ás vezes parece ser o mesmo, mas que muitas vezes parece que se transformou totalmente de ontem pra hoje por causa de minhas ações ou das ações dos outros e eu nem percebi.

Me prolonguei, misturei idéias, pensamentos, mas enfim acima de tudo dei um primeiro passo:
Iniciei o blog!
Com o tempo este e os textos se tornarão menos densos, ou talvez mais, dentro do necessário.

Me desejem uma boa jornada.
Aqui trataremos de tudo, pensamentos simples, densos,diretos, comentários jornalísticos, principalmente em relação ao mundo do entretenimento, do qual muito gosto, música, artes e afins.

Ok, prometo não me prolongar tanto das próximas vezes!
Um forte abraço a todos!

Um comentário:

Carpedien disse...

primeiro, pq nenhum outro havia postado. primeiro pq eh frustante naum haver retorno, escuta eh fundamental, e primeiro pq adorei o q li
abraço