quarta-feira, 20 de maio de 2009

As estrelas dos meu quarto estão sempre lá, mesmo ocultas


É só um tempo.
Eu repito a mim mesmo.
É como um ‘break’ que dura o suficiente para ser necessário.
E se às vezes, a mim, pesar.
Secretamente posso condensar e por meus olhos fazer o peso evaporar.
Secretamente posso gritar mil vezes o que devia a você dizer, mas em segredo.
Mas tudo isso não passa de fase.

Às vezes é abrupto e confuso.
Mas mesmo repentino as lembranças que seguem, amenizam.
É como se cada noite sozinho,
Fosse uma preparação para valorizar o futuro.
Como se cada segundo sozinho
fosse para entender o real significado de tudo.
E quanto mais os dias passam
Mais próximo de tudo isso eu fico.

Sabe, contei sobre você e uma noite passada.
Mas acharam que era ficção.
Engraçado!
Será que acham que sou tão mentiroso assim?
Ou apenas lhe descrevi tão bem que acharam não existir?
O mais engraçado é sobre as estrelas,
Como gosto de escuridão total pra manter os olhos fechados
Em meu quarto há muitas delas, mas logo que apago a luz,
Elas me entendem e aos poucos vão se apagando.
Mas estão sempre lá.

Escrevo como se estivesse falando com você.
Mas tudo isso, a você, deve segredo ser.
Mas um dia saberás tudo.
Pensando bem, acho que já sabes.
Sabe o amigo imaginário que na infância construímos?
É como se fosses um.
Mas se eles são imaginários?
Será que tudo isso não passa de invenção?
Se você acredita em sonhos, o melhor é continuar...

9 comentários:

Nobre Epígono disse...

Impressive instant.

Eu acredito em sonhos e prefiro continuar caminhando ao lado deles. Sinceramente? Parece ser a única verdade. Principalmente quando se trata de amor.

Ah, o amor...

Preciso da Luz de Jesus pra me guiar quanto a "isso".

Abraço.

Angelo A. P. Nascimento disse...

Nunca vamos saber onde terminam os sonhos e começa o amor. Nós sempre nos perdemos...
Como diria Vercillo:
"Hoje eu só fiquei
Com a imensidão do céu
De estrelas mil
Que se esforçam pra luzir
Seu vazio"
Abraços

Silas disse...

Quanto ao seu post:
É preciso ficar sozinho e refletir sempre para pensar nos desafios de viver e nas decisões que serão tomadas, por isso nossos pais quando somos crianças nos mandam como castigo para o quarto e refletir, em muitos casos a criança é tratada assim, ao invés de apanhar. As estrelas brilham e indicam um caminho, quanto estamos suscetíveis tudo indica um caminho.


Respondendo ao seu comentário em meu blog:
Eduardo é absolutamente normal em nossa infância ou adolescência querermos ser diferentes e usar de novos estilos seja para bem pessoal ou no intuito de chamar atenção de uma garota, rsrs. E eu também pratico esporte, eu ando de bicicleta, me contento em só malhar as pernas. rsrs

vanessaromão disse...

"É como se cada noite sozinho,
Fosse uma preparação para valorizar o futuro.
Como se cada segundo sozinho
fosse para entender o real significado de tudo"...

É sempre assim que me sinto, você disse tudo...

Gostei daqui :)

Nobre Epígono disse...

É, Eduardo... Sempre há um pouco de nós em nossos textos, né? Ultimamente você tem mesmo visto você nos meus. Essas coisas são, digamos... Tão interessantes!

Sim. Há tempo para tudo. Esperarei que ele se encarregue de me ajudar.

Um abraço forte, meu caro!
=)

Thiago Assis disse...

Tomara que o "você" acredite em sonhos, é bom às vezes fugir da realidade.

Bela poesia, bem intimista e, ao mesmo tempo, bem abrangente.


www.thiagogaru.blogspot.com

Cleyton disse...

Além de tudo você escreve bem. Massa! Abçs

Cleyton disse...

Ah? 8 – representa o infinito. Respondi? Abçs

Cleyton disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.